quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Sicredi promove Reunião de Núcleo da Cooperativa

Quinta-feira- 19 de outubro de 2017
Sócio compareceram para ficar a par dos rumos e números da cooperativa
Sentar, expor, debater e confraternizar com o associado, o esteio da agência. Estes são alguns dos objetivos da Reunião de Núcleo do Sicredi realizada na noite da quarta-feira, 18, no salão da Igreja Luterana.

 Breno Stefani, gestor da cooperativa local já instalada na cidade histórica há 15 anos, explicou que o evento objetiva entre outros pontos, sentar com o associado e demonstrar uma prévia do fechamento do ano corrente, entenda-se aí o primeiro semestre da cooperativa em todo o Estado e, é claro, da agência em Piratini. Serve também apresentar alguns produtos de conveniência do associado mostrando a ele os tradicionais que o Sicredi tem a oferecer.

- É um momento de aproximação com o associado- A assembleia, o outro evento que também realizamos anualmente, serve para o sócio ajudar a votar e definir os números da cooperativa, como a destinação das sobras, por exemplo. O nosso encontro de hoje é mais informativo destinado também ao não sócio que queira saber como funcionamos e o andamento do ano- explicou Stefani.
- A intenção é trazê-los para perto para que eles acompanhem a cooperativa e ajudem a fazer crescer um negócio que é deles- ampliou.

Stefani lembrou que na assembleia, a reunião maior do sistema Sicredi que completa 103  de existência no Rio Grande do Sul,  o sócio ajuda a tomar decisões como deixar parte das sobras como investimento em reserva da cooperativa, devolução na cota capital de cada um ainda este ano levando em conta  o movimento de conta corrente este ano, mas em relação a 2016 e uma parte direto na conta de cada correntista.
- Na agência Piratini distribuiu-se 100 mil reais entre as contas e, nas 22 agências que temos no território gaúcho, foram 10 milhões de reais -

Conforme o gerente é necessário a seguinte reflexão: qual a vantagem disso?

- Tu preferes trabalhar com uma empresa que vem aqui, capita o lucro e leva embora, ou tu queres trabalhar com aquele que te ajuda a crescer junto, a comunidade cresce e todos ganham unidos com uma cooperativa sólida? questiona.

Polícia chega ao menor do furto ao Super Weege

Quinta-feira- 19 de outubro de 2017
Polícia Civil usou imagens do circuíto interno para chegar ao autor
Ele, assim como todos os menores de idade são protegidos pela Constituição e, quando escolhem o caminho do crime não podem, por exemplo, terem seus nomes divulgados na imprensa a não ser em caso de óbito.

O nosso personagem de hoje, é o da ação no Supermercado Weege na madrugada de sábado para domingo. Com 17 anos possui uma ficha policial mais extensa que muito bandido adulto em sua vida inteira de atividade criminal.

Por exemplo, na onda de arrombamentos a educandários infantis ou creches, EM 2015, 2016 E 2017, J.C.L.  arquitetou ou participou diretamente de quase todos, levando grande parte do que foi furtado para a sua residência, facilitando com isso o trabalho da Brigada Militar e Polícia Civil que conseguiram o flagrante.

Com tantos delitos J.C.L é presença constante nas instituições que buscam recuperar menores infratores.
Dessa vez, ele adicionou mais um furto à sua longa ficha. Conseguiu entrar pelo telhado na loja do Super Weege, localizada na Avenida Gomes Jardim e, uma vez dentro começou a encher a sacolinha.
Exceto itens de baixo valor como cigarros, fumo e outros, o larápio furtou dois notebooks.

Ocorre que a empresa possui um circuíto interno de câmeras e, estas, filmaram o ladrão se fartando. Mesmo com as imagens, a investigação policial não encontrou os aparelhos na casa do menor, mas, seguindo pistas e dando continuidade à investigação, acabou descobrindo que ele já havia repassado, ao menos um dos aparelhos e esse se encontrava à venda nos Classificados Piratini, um grupo de compra e venda existente no Facebook no município. Agora os agentes trabalham para recuperar o outro Notebook.

O autor dessa vez escapou de ser internado porque o limite de tempo para o flagrante se excedeu, mas, a partir de novembro a vida criminal dele o levará a outro endereço: o Presidio Estadual de Canguçu, já que ele completará a maioridade penal, 18 anos.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Nota de esclarecimento sobre o caso Silvinho

Quarta-feira- 18 de outubro de 2017

Por volta das 11 hs desta quarta-feira o Blog Eu Falei publicou trechos de uma conversa tida com Sílvio Rodrigues, pai de Sílvio Rodrigues, informando que ele, Silvinho como é chamado, havia tido uma melhor significativa em seu quadro de saúde, que o coágulo cerebral havia diminuído e que ele até, na data de ontem, 17, havia ficado duas horas sentado.
Após a matéria ser publicada, uma integrante da família fez contato com nossa redação discordando do que foi publicado, mesmo que o emissor das informações tenha sido o pai da vítima,

Segundo ela, Silvinho ainda está em coma, o quadro evolui gradativamente e foram os enfermeiros que sentaram Silvinho.

O Blog Eu Falei, se fosse o caso, requisitaria desculpas à família, mas sua publicação se deu devido a uma fonte confiável. No mais, nos resta torcer que o quadro de Silvinho evolua realmente e com isso possamos divulgar aqui informações reais.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Hospital de Caridade anuncia mais dois novos exames

Terça-feira- 17 de outubro de 2017
Coloscopia será um dos exames que passam a ser disponibilizados
A direção do Hospital de Caridade Nossa Senhora da Conceição anunciou esta semana dois novos serviços que, inclusive, já podem ser agendados na instituição.

A serem realizados pelo médico gastroenterologista João Luiz, que vai utilizar a estrutura existente do Centro Cirúrgico e também os auxiliares de enfermagem do Conceição, a partir de agora serão feitos  endoscopia e colonoscopia.

Conforme a assistente administrativo Marisser Cardoso, neste primeiro momento os exames terão um custo para a população ou ainda podem ser feitos por convênios como IPE e UNIMED.
- A endoscopia digestiva terá um custo de R$ 450,00. Já a colonoscopia custará R$ 800,00 – informou Marisser.

Hoje, pelo SUS, os exames são realizados em Pelotas e a funcionária acredita que haverá procura no hospital  local, porque o quantitativo disponibilizado  na cidade vizinha pelo SUS é pequeno,  mas o futuro em relação a isso é promissor.
- Nosso contrato com o Estado vence em outubro e parte da documentação já foi encaminhada, assim, em breve, será assinado. Concluída esta etapa, permitirá que façamos um termo aditivo para que também  esses exames sejam disponibilizados gratuitamente para nossa comunidade- explicou.

Os exames buscam detectar úlceras gastrites e também tumores que não ficam visíveis, por exemplo, em exames de ultrassonografia.

Saiba o que são e como funcionam:
Colonoscopia é um exame que permite a visualização direta do interior do reto , cólon e parte do íleo terminal através de um tubo flexível introduzido pelo ânus , contendo em sua extremidade uma minicâmera de TV que transmite imagens coloridas, podendo ser fotografadas ou gravadas em vídeo.


endoscopia digestiva alta é um exame que analisa a mucosa do esôfago, estômago e o duodeno (primeira parte do intestino delgado). Ela é feita usando um tubo flexível (endoscópio) que tem na ponta um chip responsável por capturar as imagens do sistema digestivo como uma câmara

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Magistrado comenta caso Dionatan e sobre suspeitos

Segunda-feira- 16 de outubro de 2017
Magistrado detalhou conduta e punições a menores
Se comparado a índices de violência de cidades próximas como Pelotas, por exemplo, Piratini pode ser vista como um município calmo, bom para se viver e criar os filhos. Mas, de vez em quando, a polícia e a justiça se veem as voltas com muitos casos envolvendo adolescentes. Roubam, danificam tentam matar e, raramente, até matam.

A última situação de violência envolvendo menores de idade, ainda repercute. No domingo, dia 08, a princípio, quatro adolescentes entre 15 e 17 anos, se desentenderam com seu desafeto Dionatan Àvila de Lima, 24 anos. O ocorrido foi no centro da cidade e ao final do embate, Lima levou de duas a três estocadas na região abdominal.

A vítima foi levada ao Hospital São Francisco, em Pelotas, onde passou por cirurgia para a reconstrução de parte do intestino. Dias depois, precisou ser levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dado a complicações no processo cirúrgico.

Nossa reportagem buscou o juiz da comarca Mauro Peil, que abordou de uma forma geral, os atos de violência cometidos por menores e também comentou rapidamente o caso de  Dionatan Lima.
- “O maior índice de criminalidade em Piratini são praticados por adolescentes”, revelou.

Peil citou o artigo 227 da Constituição para mostrar que as pessoas e as instituições tem o dever de protegê-los.  O referido artigo tem uma série de itens que demonstram as obrigações, mas, citemos alguns: é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar ao adolescente, ao jovem o direito à vida, saúde, alimentação, educação, lazer etc...
- Eles são protegidos pela Constituição com absoluta prioridade- resumiu.
Isso impede, já que a maioridade penal é 18 anos, que menores infratores sofram punições de acordo com os chamados atos infracionais, mesmo que este seja,por exemplo,  um homicídio.

O magistrado amplia explicando que, a partir dos 12 anos, quando ele pratica alguma conduta que se enquadra em algum artigo do Código Penal, à medida que se toma é sócio educacional e, para isso, existe um Estatuto de Medidas Graduais que objetiva sócio educa-los para que ele aprenda valore que proporcionem um bom convívio com a sociedade.

Para os que representam um perigo à esta mesma sociedade, a medida é no máximo 45 dias de internação em instituições apropriadas e, quando considerados culpados, no máximo três anos em estruturas de mesmo porte.

Caso Dionatan- O que realmente ocorreu naquele domingo, 08 de outubro, é o que a Polícia Civil busca saber, mas, é óbvio, não revela. O fato, é que a justiça não considerou os autores do ocorrido adolescentes que ofereçam risco à sociedade, pois, se assim fosse, nas palavras do juiz, eles tinham sido retirado de circulação imediatamente.

- Eles não tem antecedentes. Sabe-se que houve uma briga e um deles (quem sabe mais já que dois estavam armados), desferiu os golpes. Mas quem? Não sabemos, a polícia está ouvindo as testemunhas e esse inquérito, como envolve menores, vai se encerrar rápido –

Peil dá um exemplo de um fato similar ocorrido ano passado Praça Inácia Machado da Silveira, onde havia uma aglomeração significativa de pessoas. Muitos foram os envolvidos na briga e a investigação não conseguiu definir quem deu a facada.

Outro exemplo, e que nesse caso levou à absolvição dos menores, foi quando cinco indivíduos brigaram, houve uma vítima fatal e novamente não se conseguiu saber quem desferiu o golpe de arma branca.
- Pelo princípio da presunção de inocência eu tenho que absolver todos porque não posso condenar os cinco, já que só um foi quem matou, e eu não tenho como saber quem foi – detalha Peil.